GODINHO + FAZZOLARI


ROBERTO CARLOS

foto: ig.com.br

Fiquei realmente pasmo quando soube da notícia que Roberto Carlos quer abandonar, sim esta é a melhor palavra para sua atitude, o Corinthinas.

O que ele estava esperando quando assinou com o Corinthinas? Um mar de rosas com tapete vermelho? Que pudesse fazer caras e bocas e não jogar bola?

Pois é, acho que ele estava enganado em sua análise do futebol Brasileiro, logo ele tão experiente.

Diga-se de passagem que após seu fiasco no Mundial de 2006 foi para o fraco futebo Turco por duas temporadas antes de vir para o Corinthians.

Em terras tupiniquins, não foi nem sombra daquele Roberto Carlos que passou pelo Palmeiras e podem me corrigir se estiver enganado, mas seu grande lance foi um golaçõ após cobrança de escanteio num jogo contra o então Gremio Barueri e mais nada. Na Libertadores quase fez com que as coisas fossem piores, quando entregou duas bolas no 1o jogo no Pacaembú e precisou viajar até a Colombia para ver que sua perna estava dolorida...

Agora, para escapar de mais um fiasco, como foi em 98, 2006, Roberto Carlos se diz ameaçado...acho que os valores estão um pouco invertidos neste caso....



Escrito por Andre Fazzolari às 09h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SUPER

Dizem que uma história, para ser magnífica, inesquecível, precisa de um final à altura do enredo, para que não fique aquela sensação de "e?".

Pois a temporada 2010 da NFL foi coroada com um Super Bowl XLV a altura.

Green Bay Packers e Pittsburgh Steelers chegaram a Dallas após trajetórias distintas.

O time do estado de Wisconsin ficou com a vaga de nº 6 da NFC, ficando atrás dos Bears em sua divisão, e sabia que para chegar à decisão precisaria de 3 vitórias fora de casa. Começou os Playoffs enfrentando os favoritos Eagles na Philadelphia e despachou Michael Vick e DeSean Jackson por 21 a 16. Foi a Atlanta e humilhou Matt Ryan e os Falcons por 48 a 21. E garantiu a viagem ao Texas vencendo os Bears em Chicago, por 21 a 14.

O time do estado da Pensilvania ficou com a vaga nº 2 da AFC, atrás dos Patriots. Folgou na primeira rodada dos Playoffs e recebeu o temido Baltimore Ravens no Divisional. Vitória por 31 a 24. Na final de conferência, vitória em casa sobre o New York Jets, que haviam eliminado os favoritos de New England, por 24 a 19.

No último Domingo, Packers e Steelers (Empacotadores e Metalurgicos), dois dos times mais tradicionais da liga, se encontraram no Cowboys Stadium apostando suas fichas em Aaron Rodgers e Clay Mathews, Big Ben e Troy Polamalu, respectivamente.

Após um começo truncado, Rodgers achou Jordy Nelson há 29 jardas para abrir 7 a 0 para os Packers. Logo na sequencia Big Ben arriscou, foi interceptado por Nick Collins, que ainda correu 37 jardas para abrir 14 a 0 no placar.

Após um Field Goal dos Steelers no início do segundo quarto, Big Ben voltou a ser inteceptado, desta vez por Jerry Bush. Aaron Rodgers voltou a aparecer e encontrou Greg Jennings na end zone para mais um TD,  desta vez de 21 jardas.

Com 21 a 3 no placar, Big Ben precisava mostrar que os Steelers ainda estavam no jogo. E ele encontrou Hines Ward há 8 jardas para colocar o placar em 21 a 10.

O terceiro quarto foi marcado por erros e faltas, com muitos "drops" por parte dos Packers. Os Steelers aproveitaram e Rashard Mendenhall correu 8 jardas para diminuir a diferença para 4 pontos.

O lance chave aconteceu no início do quarto quarto. Os Steelers pressionavam para buscar a liderança no placar e, na linha de 34 jardas dos Packers, em uma segunda para 2 jardas, Mendenhall sofreu um fumble e os Packers retomaram a bola. Aproveitando mais um turnover do time de Pittsburgh, Rodgers novamente achou Jennings, desta vez há 8 jardas, para voltar a abrir vantagem.

Os Steelers não desistiam do jogo e Big Ben, com 7:40 por jogar, lançou primorosamente para Mike Wallace há 25 jardas e a vantagem voltou a 4 pontos. 

Com a posse de bola, os Packers gastaram o relógio mas só conseguiram um Field Goal, faltando 2:10 para o fim do jogo. Era a hora de mais um milagre dos Metalurgicos?

Não foi. A posse de bola não foi aproveitada e o Green Bay venceu seu quarto Super Bowl, levando o troféu Vince Lombardi "back home". Lombardi foi um vitorioso técnico dos Packers e por ser o maior vencedor na era Pré Super Bowl, o troféu hoje leva seu nome.

Aaron Rodgers, com 304 jardas, 3 TD's e 24 passes acertados de 39 tentados foi eleito o MVP da partida. Justíssimo. Pelo jogo e pela temporada. Se Tom Brady foi eleito o MVP da temporada por unanimidade, o mesmo pode se dizer de Rodgers nos Playoffs. O QB dos Packers sai da incomoda sombra de Brett Favre e ganha seu primeiro anel.

E perto do espetáculo do futebol americano, acho que só vale citar a performance tecnologicamente impecável dos Black Eye Peas no intervalo.

O que interessa mesmo, é que Vince retornou a Winsconsin. E a pequena Green Bay, cuja população cabe inteira no Cowboys Stadium, voltou a comemorar. E com motivos de sobra.

Em Setembro tem mais. Até lá, os Packers reinarão na terra do Tio Sam.



Escrito por Godinho às 21h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




AQUECENDO

Parece que finalmente o futebol brasileiro esquentou em 2011...

Acredito que por causa dos clássicos que agitaram o final de semana: Palmeiras x Corinthians e Botafogo x Fluminese.

No Rio, Loco Abreu foi o destaque mais uma vez... e num jogo cheios de virada o Fogão levou a melhor para cima do Flu, 3x2. Loco Abreu perdeu um penalti cavadinho e marcou outro cavadinho. Pelo lado do Flu parece que Fred está com vontade de jogar este ano após alguns anos de "férias" e Diego Cavallieri não parece nem sombra do que foi no Palmeiras, em alguns lances, diga-se de passagem.

Pelo Fla, R10 fez seu primeiro gol pelo e o Vasco conesguiu sua primeira vitória, lembrando o Bills na última temporada da NFL.

Aqui em Sampa Palmeiras x Corinthians fizeram um jogo razoável, na base da raça e o Corinthians levou a melhor por 1x0 sobre o rival que criou inúmeras chances e parou na boa atuação de Júlio César.

São Paulo e Santos continuam instáveis, com bons e maus momentos, típicos e aceitáveis de início de temporada.

De novidades, Alecssandro do Inter-RS está 90% certo com o Palmeiras. Um grupo compraria os direitos do jogador e repassaria ao Parque. 

Outra nova é que o mesmo Palmeiras recebeu três ofertas e boas de troca pelo lateral Vítor: O Sâo Paulo ofereceu Júnior César ou Dagoberto e o Cruzeiro ofereceu o Argentino Farías...



Escrito por Andre Fazzolari às 16h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, JARDINS, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Esportes, Música
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Blog do Dan
  Blog do Perrone
  Blog do The Book is On The Table
  Blog do Ledio Carmona
  Blag do Mauro Beting
  Blog do PVC
  Blog do Quesada
  Blog Chuteiras Pretas
  Godinho no Twitter
  Move That Jukebox!
Votação
  Dê uma nota para meu blog